A razão para...

Porquê PROfertil

“Todos os homens devem ter a possibilidade de ter uma casa, plantar uma árvore e ter um filho”, diz um provérbio popular. Os dois primeiros pontos da “lista de tarefas” são relativamente fáceis de alcançar. O terceiro, ser pai de uma criança, continua a ser um anseio para um número crescente de homens que, infelizmente, têm dificuldade ou mesmo impossibilidade de o cumprir.”

Em todo o mundo, cada vez nascem menos crianças pelas mais diversas razões. Hoje, de forma involuntária temos entre 10-15% dos casais sem filhos. Há várias razões para a dificuldade em conceber uma criança, os quais podem estar diretamente relacionados com a mulher (fator feminino) ou com o homem (fator masculino) – ou uma combinação de ambos – sendo afetados na mesma proporção.

Fator Masculino

Porquê PROfertil
Em 40-90% dos casos a infertilidade masculina é devida à produção insuficiente de esperma. Um declínio de 58% na contagem de espermatozóides ao longo dos últimos 50 anos tem vindo a ser documentado em estudos.1) 2). Uma análise de mais de 100 estudos publicados demonstrou uma descida significativa da densidade de espermatozóides ao longo dos últimos 60 anos, principalmente nos Estados Unidos e na Europa / Austrália (entre 1-3% / ano). 3) 4) A infertilidade masculina tem muitas causas – causas genéticas em países industrializados, stress, mudanças no estilo de vida, mas também alteração dos hábitos alimentares os quais reduzem a produção e qualidade dos espermatozóides a um ritmo alarmante.
Embora existam inúmeras opções de tratamento disponíveis para os fatores femininos, incluindo fertilização in vitro (FIV), as opções para os homens conseguirem melhorar o seu primeiro e decisivo fator, a qualidade do esperma, são muito limitadas.
PROfertil® é o primeiro alimento dietético que ajuda a melhorar a qualidade do esperma, e como tal tem uma atuação importante no tratamento da infertilidade masculina. A sua eficácia foi demonstrada em ensaios clínicos. Esta opção de tratamento com micronutrientes tem vindo a demonstrar e comprovar a melhoraria da qualidade do esperma.

1) Imhof M., Matthai C., Huber J.C. Einsatz von Profertil® zur Therapie des „male factors“ und Verbesserung des Spermiogramms; Gyn-Aktiv 2007;2:68.
2) Sinclair S. Male infertility: nutritional and environmental considerations; Altern Med Rev 2000; 5(1):28-38
3) Sween S.H., Elkin E.P., Fenster L. The question of declining sperm density revisited: An analysis of 101 studies published 1934-1996; Environmental Health Perspectives 2000; 108 (10).
4) Carlsen E., Giwercman A., Keiding N., Skakkebaek N. Evidence for decreasing quality of semen during past 50 years; Br Med J 1992; 305:609-61