Estilos de vida pouco saudáveis

Quando não é diagnosticada nenhuma causa médica para a infertilidade, a ciência moderna assume que a infertilidade pode ser causada principalmente pela dieta e estilo de vida

Peso elevado ou obesidade

Estar 10 kg acima do peso aumenta o risco de infertilidade em 10%. O aumento da gordura abdominal em particular, leva a uma redução dos níveis de testosterona.

Fumar

Fumar afeta a densidade, motilidade (movimento) e morfologia espermática. Há fortes suspeitas de um efeito direto do cigarro sobre a função testicular e da espermatogénese. Os metabolitos dos componentes do fumo de cigarro podem induzir uma reação inflamatória no trato genital masculino, que por sua vez pode resultar em danos oxidativos para o esperma devido a radicais de oxigénio reativos.

Álcool

O consumo excessivo e crónico de álcool pode ser diretamente tóxico. Promove um atraso da espermatogénese incluindo a síndrome das células de Sertoli, bem como uma diminuição da mobilidade e morfologia do esperma.

Nutrição

As carências alimentares podem conduzir ao desenvolvimento de deficiências nutricionais e, consequentemente, a redução da qualidade do esperma. As vitaminas e os micronutrientes em especial os que o corpo deve adquirir a partir dos alimentos, atuam como um cofator para as reações enzimáticas e têm um efeito antioxidante.