Quem pode ajudar?

A andrologia lida com a saúde reprodutiva masculina e é uma sub-especialidade da urologia. Andrologia é o equivalente masculino à ginecologia.

A avaliação inicial do Andrologista começa com um meticuloso conhecimento da história médica completa do doente. O médico faz perguntas sobre a infância, desenvolvimento do adolescente e comportamento sexual no relacionamento (frequência das relações sexuais etc.). Isto é seguido por um exame físico aos órgãos genitais externos e uma ecografia dos testículos, bem como testes de laboratório (níveis de prolactina de testosterona, FSH e LH).
A história médica já pode fornecer informações sobre importantes possíveis disfunções. Portanto, deve informar o seu médico se já teve:

  • Doenças graves
  • Papeira após a puberdade
  • Lesão testicular
  • Cirurgia à hérnia inguinal
  • Varizes / varicocelo
  • Tratamento médico, porque um ou ambos os testículos não desceram para o escroto
  • Infeções da bexiga
  • Diabetes
  • Doenças da tiróide
  • Radioterapia
  • Doenças sexualmente transmissíveis
  • Tabagismo, álcool ou drogas ilegais,
  • Possível exposição a toxinas ambientais
  • Medicação tomada pela mãe durante a gravidez
  • Frequência das relações sexuais
  • Doenças hereditárias na família

A análise incidirá sobre a análise do líquido seminal. A análise do sémen (também chamado espermograma ou teste ao esperma) é crucial para o diagnóstico de uma possível infertilidade masculina. Este teste examina através de um microscópio a qualidade do esperma, e assim a viabilidade de uma fertilização bem sucedida. O especialista irá avaliar a contagem dos espermatozoides e verificar a sua motilidade e morfologia.